Acompanhe as novidades

Corrigindo cicatriz inestética

Publicado em 15/02/2017Corrigindo cicatriz inestética

É comum se procurar cirurgias de correção de cicatriz inestética quando uma cicatriz não fica com o resultado estético agradável, ou tenha sofrido uma má cicatrização durante o processo. Existem vários tipos de cicatrizes:

  • Hipertróficas: geralmente, são altas, vermelhas e/ou desconfortáveis, e podem se tornar maiores ao longo do tempo.
  • Queloides: maiores que as hipertróficas, podem ser dolorosas, ter prurido enrugar.
  • Retraídas: que repuxa os tecidos adjacentes, e pode restringir os movimentos da área afetada.
  • Discrômicas: podem ser mais escuras (hipercrômica) ou mais claras (hipocrômica) que a pele ao redor.
  • Atróficas: mais funda que o relevo da pele ao redor.

A correção desses tipos de cicatriz inestética é feita através de incisões em toda sua extensão para retirá-la. Depois são feitos pontos internos absorvíveis, com a parte externa podendo receber pontos intra-dérmicos (que ficarão escondidos pela incisão) ou pontos simples. O fechamento da incisão também pode ser feito com uma fita biológica com cola, que diminui o risco de infecções.

Confira mais algumas informações sobre essa cirurgia de cicatriz inestética:

  • A duração da cirurgia depende do tamanho da cicatriz a ser corrigida, podendo levar 30 minutos ou até 1 hora,
  • É preciso suspender atividades físicas por 7 dias,
  • Pode ser preciso utilizar pomadas ou cremes, de acordo com a recomendação do médico,
  • Evitar exposição ao sol durante 30 dias e sempre usar o protetor solar.
  • Após 1 ano que será possível ver o resultado definitivo. 

Possui alguma cicatriz inestética? Entre em contato com Dr. Petrônio Fleury e agende uma consulta.