Acompanhe as novidades

Ritidoplastia ou Lifting facial : entenda o procedimento

Publicado em 09/05/2017Ritidoplastia ou Lifting facial  : entenda o procedimento

A Lifting Facial, tecnicamente chamado de ritidoplastia, é um procedimento cirúrgico usado para melhorar sinais visíveis de envelhecimento, especificamente no rosto e pescoço.

Por ser um procedimento reparador, a ritidoplastia não para e nem retarda o processo de envelhecimento. Por isso, é feito juntamente com outras técnicas, variando de acordo com a necessidade do paciente. Os procedimentos complementares geralmente são seguidos do lifting de testa, usado para corrigir a flacidez ou testa franzida, e a cirurgia de pálpebras, para rejuvenescimento dos olhos.

O procedimento é indicado em casos de:

  • Flacidez no terço médio da face;
  • Vincos profundos abaixo das pálpebras inferiores;
  • Vincos profundos ao longo do nariz que se estende ao canto da boca;
  • Gordura que tenha baixado ou sido deslocada;
  • Perda de tônus muscular na face interior, podendo causar papada;
  • Pele frouxa e excesso de depósitos de gordura sob o queixo e a mandíbula.

 

Como é feita a ritidoplastia 

Dependendo das exigências do paciente e do grau de mudança desejado, as opções de cirurgia de ritidoplastia incluem lifting tradicional, inclusão limitada ou lifting de pescoço.

O lifting tradicional, geralmente, começa na região temporal, segue na parte da orelha e finaliza na parte inferior do couro cabeludo. A gordura pode ser esculpida ou redistribuída na face, papada ou pescoço. Uma incisão abaixo do queixo pode ser viável para a melhoria do aspecto de envelhecimento do pescoço. Após a tração (puxão) da pele descolada, com retirada do excedente, é feita a cirurgia plástica das pálpebras e de lipoaspiração da papada, de acordo com a necessidade.

Após a cicatrização, as linhas de incisão do lifting ficam escondidas no couro cabeludo e nos contornos naturais do rosto.

 

Pós-operatório 

No pós-operatório da ritidoplastia é importante manter repouso nos primeiros 8 dias, fazendo compressas geladas nos olhos e não deitar de lado. O curativo colocado na cirurgia é retirado no dia seguinte e logo após é feito outro curativo, com retirada um ou 2 dias após. Os pontos da face e do couro cabeludo são retirados em torno do 6º ou 14º dia após a cirurgia. Após a retirada dos pontos, é indicado massagear as cicatrizes com o creme receitado pelo médico.

O edema da face aumenta até o 2º dia depois da cirurgia, quando então começa a regredir, apresentando aspecto natural por volta do 8º dia. A exposição ao sol deve ser feita após 30 dias, assim como os exercícios físicos, desde que sejam moderados.

 

Observações importantes 

O tipo de anestesia é feito por sedação intravenosa ou anestesia geral, dependendo de cada paciente e o resultado definitivo da ritidoplastia é alcançado em até 6 meses após a cirurgia. No decorrer do processo, é possível ter noção da aparência final.

 

A lifting facial é um processo cirúrgico e deve ser feito com profissionais especializados, seguindo os devidos cuidados para que obtenha melhores resultados. Para saber mais, entre em contato e marque uma consulta com o Dr. Fleury.