Acompanhe as novidades

Saiba mais sobre a otoplastia

Publicado em 07/12/2016Saiba mais sobre a otoplastia

É comum que os pacientes que chegam ao consultório para saber mais sobre o procedimento de otoplastia tenham a auto estima afetada, afinal as orelhas possuem um espaço maior entre a cabeça e perdem a chamada anti-hélice, ganhando um aspecto diferente e aparentando ser maiores.
Para corrigir má formações nas orelhas, o procedimento indicado é a otoplastia, que promete uma aparência natural e com as devidas curvas e apresenta resultados visíveis logo após a retirada dos curativos.

Para te ajudar a entender o procedimento, confira algumas informações importantes e dúvidas frequentes.

Como é feita a otoplastia?

A cirurgia de otoplastia consiste no corte feito no sulco auricular posterior e no descolamento da pele da cartilagem das orelhas, que permite a retirada da cartilagem sobressalente e a moldagem através de pontos.

O fechamento da cicatriz é realizado com pontos internos e absorvíveis, não necessitando, portanto, de retirada após a cirurgia. A cicatriz fica na parte que faz junção com a cabeça e por isso é imperceptível e tem muito boa qualidade.

Dúvidas frequentes:

Qual a idade indicada para fazer a cirurgia?

A cirurgia é indicada a partir dos 6 anos de idade, devido à maturação do tamanho da orelha e o início da atividade escolar, porém o procedimento pode ser realizado também na fase adulta.

Qual o tempo de internação da otoplastia?

O paciente fica internado de 12 a 24 horas.

Pós-operatório

É comum ocorrer discreta dor nos primeiros dias após a cirurgia, porém ela é controlada com analgésicos. Também é normal a ocorrência de inchaço no primeiro mês, que tende a diminuir no segundo mês.

Para evitar danos na orelha, deve-se usar uma faixa elástica 24 horas por dia no primeiro mês. No mês seguinte, a utilização deverá ser apenas noturna, evitando que o paciente durma sobre a orelha.

Resultado definitivo

Apesar das visíveis diferenças logo após a cirurgia, o resultado definitivo só será melhor avaliado após o sumiço do inchaço e das manchas arroxeadas comuns após o procedimento. O esperado é um resultado harmonioso e natural, todavia, deve-se buscar um profissional qualificado, que forneça as melhores informações e tire as dúvidas de forma completa. Além disso, o procedimento deve ser de vontade única do paciente, não podendo ser para atender ensejos.

 

Para saber mais, entre em contato conosco.