CIRURGIAS PLÁSTICAS REPARADORASVoltar
Procedimento

Ginecomastia

Indicação:

A ginecomastia é o aumento benigno das mamas nos homens e suas causas podem estar relacionadas a desequilíbrios hormonais causados por medicação, como a espironolactona (usada no tratamento da hipertensão arterial) e os benzodiazepínicos (remédios psicoativos), problemas no fígado e na tireoide.

A cirurgia de ginecomastia é indicada para homens acima dos 18 anos que não chegaram ao resultado desejado com o tratamento clínico ou apresentam desconforto psíquico em função da ginecomastia.

Tipo de Anestesia:

Anestesia local e sedação

Técnica Cirúrgica:

As incisões realizadas na cirurgia de ginecomastia podem variar de acordo com o grau. Geralmente, o tratamento pode ser realizado somente com a lipoaspiração e por isso são feitos dois furinhos abaixo de cada mama, podendo haver um terceiro em cada axila. Porém, caso seja necessária a retirada de glândula remanescente ao final da cirurgia, pode-se fazer uma incisão do tipo “Webster” na aréola por onde se retira a pequena glândula. Nos casos mais avançados da disfunção, outros tipos de incisões podem ser indicados, como o “T” invertido ou uma incisão combinada no sulco e ao redor da aréola.

Tempo de Internação:

Normalmente, a alta ocorre 6 horas após a cirurgia. Em casos mais raros, o tempo de internação deve ser de 24 horas.

Tempo da Cirurgia:

Cerca de 1 hora.

Pós-operatório:

É necessário o uso de drenos com incisão no local da cirurgia por cerca de três dias. Além disso, depois da cirurgia são necessárias, em média, duas semanas para voltar à movimentação normal.

O paciente deve usar um colete elástico por cerca de 30 a 45 dias, a fim de melhorar a aderência da pele ao tórax. O colete deve ser retirado apenas para o banho, que deve ser feito um dia após a cirurgia. Os exercícios físicos devem ser retomados 30 dias após a retirada do colete cirúrgico e o tabagismo deve ser evitado, pelo menos, durante 15 dias após a cirurgia.

O paciente também deve tomar antibiótico com o objetivo de evitar infecções e medicação analgésica e anti-inflamatória, principalmente se for realizada a lipoaspiração, que costuma ter pós-operatório mais doloroso.

Complicações:

São raras, mas pode ocorrer formação de hematomas, equimoses, abertura de incisão, infecção, necrose da pele e cicatrizes inestéticas.

Resultado Definitivo:

Os resultados da cirurgia de ginecomastia dependem de muitos fatores individuais, porém é comum que as mamas fiquem com aspecto satisfatório e com cicatrizes discretas. O resultado definitivo pode ser visto entre seis meses e um ano após a cirurgia.

Compartilhe:


Dúvidas

Dúvidas frequentes

1. A gluteoplastia de aumento deixa cicatrizes?Toda cirurgia deixa cicatrizes, algumas em locais mais visíveis, outras em locais mais camuflados.  Felizmente, a cirurgia de... Leia Mais

1. A abdominoplastia deixa cicatriz muito visível?A cicatriz resultante de uma abdominoplastia (ou dermolipectomia abdominal) localiza-se horizontalmente logo acima da... Leia Mais

1. Onde se localizam as cicatrizes da blefaroplastia? São visíveis?As pálpebras são a região do corpo em que a pele apresenta a menor espessura. Isso auxilia... Leia Mais

1. Como são as cicatrizes da mamoplastia redutora?Existem inúmeras técnicas descritas para a mamoplastia redutora e o lifting de mamas, cada uma com suas vantagens, desvantagens... Leia Mais

1. O que é lipoaspiração? Qual a diferença entre lipoaspiração convencional e lipoescultura?A lipoaspiração é uma cirurgia cujo... Leia Mais

1. A rinoplastia deixa cicatrizes?A rinoplastia produz cicatrizes praticamente imperceptíveis. Certos narizes permitem que as cicatrizes fiquem escondidas dentro da cavidade nasal, deixando... Leia Mais

1. A mamoplastia de aumento deixa cicatrizes?Toda cirurgia deixa cicatrizes em nosso corpo, porém algumas são menores e mais escondidas. Este é o caso da cirurgia de... Leia Mais