Acompanhe as novidades

Cuidados após a Mamoplastia

Publicado em 06/06/2017Cuidados após a Mamoplastia

Mamoplastia é a cirurgia plástica que visa aumentar, diminuir ou alterar o formato das mamas através de processos cirúrgicos que envolvem aplicações de silicones ou retirada dos tecidos mamários. Por ser um processo cirúrgico, os cuidados pós-operatórios e suas indicações são muito importantes e deve-se atentar a essas informações. Pensando nisso, preparamos algumas dicas de cuidados após a mamoplastia.

Indicações 

A Mamoplastia é indicada quando existe incômodo ocasionado pelo volume pelas mamas ou algum tipo de sinal ou sintoma patológico. Além disso, o procedimento pode servir na reconstrução de mamas mutiladas, diminuição de flacidez excessiva ou por insatisfação com o tamanho, o que auxilia na autoestima da mulher.

Visando as necessidades do paciente, o cirurgião plástico utiliza processos como o aumento da mama com implantes via periareolar, sulco inframário, vertical, transareolopapilar etc. Já a redutora, aplica-se a processos de diminuição cirúrgica do volume e peso das mamas, auxiliando na redução de dores nas costas e peso nos ombros.

Pós-operatório 

Os cuidados após a mamoplastia devem ser cuidadosamente observados, assim como em qualquer cirurgia. Essa atenção refere-se à prevenção medicamentosa de dores com analgésicos e infecções com antibióticos, se necessário, além do cuidado com os curativos.

Os cuidados após a mamoplastia são: 

  • No primeiro mês pós-cirurgia, não movimentar os braços acima dos ombros.
  • Usar sutiã de sustentação ou sutiã cirúrgico durante um mês.
  • Não dormir de lado por 30 dias e de bruços por 90 dias.
  • Trocar regularmente os curativos no período de 30 a 60 dias.
  • Evitar pegar pesos, praticar exercícios físicos ou dirigir por 30 dias.
  • Retirar os pontos no período indicado pelo cirurgião.
  • Passar hidratantes apenas ao redor das mamas, não sobre o corte.

As cicatrizes cirúrgicas passarão por alguns estágios e caso não haja complicações ficarão cada vez menos aparentes, atingindo seu ponto ideal final. As mamas operadas também passam por estágios evolutivos e somente após de 12 a 18 meses assumem sua forma definitiva.

Possíveis riscos e complicações da mamoplastia 

A mamoplastia, assim como qualquer cirurgia, pode envolver alguns riscos. Mesmo feito corretamente, o procedimento pode apresentar cicatrizes inestésicas, hipertróficas ou queloidais. Porém, vários recursos clínicos e cirúrgicos permitem melhorar tais cicatrizes.

Dificilmente ocorrerá dor além do desconforto dos primeiros dias, o qual cede facilmente com uso de analgésicos e anti-inflamatórios. Nos primeiros meses pode ocorrer diminuição da sensibilidade da mama, o que geralmente volta ao normal em um período de 6 meses.

Os resultados finais da mamoplastia podem começar a aparecer após o 3º mês, quando o inchaço diminui pelo menos 70% e o formato da mama começa a chegar à sua forma definitiva.

Os cuidados após a mamoplastia são muito importantes, não só pela estética e alcance do resultado final da cirurgia, mas, principalmente, por questão de saúde e para evitar complicações, auxiliando numa recuperação completa e saudável.

Para mais informações sobre o procedimento de mamoplastia, marque uma consulta com o Dr. Petrônio Fleury.