CIRURGIAS PLÁSTICAS ESTÉTICASVoltar
Procedimento

Mamoplastia de aumento

Indicação:

A cirurgia de prótese mamária (ou mamoplastia de aumento) é indicada para pacientes que possuem pequeno volume mamário ou que tiveram redução neste volume após a amamentação sem que houvesse queda da mama (ptose mamária).

A qualidade das próteses mamárias evoluiu consideravelmente nos últimos anos. As primeiras começaram a ser fabricadas há mais de 30 anos e antigamente especulava-se que poderiam trazer prejuízo à saúde da mulher, dificultando o diagnóstico precoce ou aumentando o risco de câncer de mama. No entanto, após inúmeras pesquisas e investigações científicas realizadas principalmente nos Estados Unidos, concluiu-se a total inexistência destes malefícios.

Em decorrência da melhor qualidade da última geração de próteses mamárias, estima-se que as mesmas devam ser trocadas em média 20 anos após sua colocação, pois após este período pode ocorrer desgaste na superfície das próteses levando à alteração em seu formato.

 Os ótimos resultados obtidos com esta cirurgia no Brasil elevam a cada dia o número de pacientes que procuram aumento das mamas. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a mamoplastia de aumento foi a cirurgia plástica mais realizada no Brasil em 2008, com cerca de 21% do total de procedimentos cirúrgicos realizados. Saiba a seguir um pouco mais sobre esta cirurgia.

Tipo de Anestesia:

Local com sedação, peridural ou geral, dependendo de casa paciente e da ocorrência ou não de cirurgias associadas.

Técnica Cirúrgica:

A prótese mamária pode ser colocada através de três incisões diferentes: submamária (no sulco inferior formado entre a mama e o tórax), periareolar (ao redor da metade inferior da aréola) ou axilar (em uma prega natural dentro da axila). Com relação à localização anatômica, a prótese pode ser posicionada logo atrás da glândula mamária ou atrás do músculo peitoral maior (submuscular).

Cada incisão e localização anatômica tem suas vantagens, desvantagens, indicações e contraindicações e sua escolha deve ser realizada em conjunto entre paciente e cirurgião plástico após minuciosa consulta médica.

Procedimento:

  1. Anestesia local com sedação, peridural ou geral.
  2. Incisão cirúrgica realizada no local previamente escolhido (submamária, periareolar ou axilar).
  3. Descola-se o plano no qual a prótese deverá ser colocada, formando um espaço vazio abaixo da glândula mamária ou do músculo.
  4. Insere-se a prótese de mama no espaço previamente formado.
  5. Sutura-se as estruturas abertas cirurgicamente (glândula mamária ou músculo, tecido subcutâneo e pele). Geralmente deixa-se um dreno nas primeiras 24 horas para que as secreções acumuladas no interior da mama não se coletem próximo à prótese.

 

Tipos de incisões realizadas na cirurgia de prótese mamária

 

Exemplo de pré e pós-operatório em cirurgia de prótese mamária

Tipos de Próteses de Mama:

Existem inúmeros tipos e modelos de próteses mamárias, cada uma possuindo uma indicação específica dependendo do tipo de mama da paciente, das suas expectativas com a cirurgia e do plano a ser utilizado (subglandular ou submuscular).

As próteses de mama podem ter variação em seu perfil, conteúdo ou envoltório. O perfil corresponde à forma da prótese de mama e pode ser redondo ou anatômico (gota). Dentre as próteses de perfil redondo pode-se ter diferentes projeções de prótese, que correspondem à distância entre a base e o ápice da prótese. Quanto maior esta distância, maior será a projeção da prótese mamária e a partir de tais variações temos as próteses de perfil baixo, moderado, alto e super alto. O conteúdo da prótese pode ser de silicone, espuma de poliuretano ou soro fisiológico (prótese salina). Seu envoltório também pode variar, podendo ter superfície lisa ou texturizada.

Devido à grande variedade existente de próteses de mama, a escolha da prótese ideal é realizada durante a consulta médica, quando o cirurgião plástico, através de um minucioso exame físico, indica a prótese que proporcionará à paciente o melhor resultado estético.

 

Localização subglandular e submuscular da prótese mamária

Tempo de Internação:

De 12 a 24 horas

Pós-operatório:

A mamoplastia de aumento costuma proporcionar um pós-operatório tranquilo, com dor muito discreta que costuma ceder com analgésicos comuns. Em geral, deve-se evitar movimentação excessiva com os braços por pelo menos 1 mês e proteção solar por pelo menos 3 meses. O dreno geralmente é retirado 24 horas após a cirurgia, antes da alta hospitalar.

Complicações:

São muito raras mas, como em qualquer outro tipo de cirurgia, podem acontecer. Dentre elas podemos citar a ocorrência de hematoma, infecção, cicatrizes inestéticas, intercorrências anestésicas e contratura capsular da prótese mamária (erroneamente chamada de “rejeição da prótese”).

Resultado Definitivo:

O resultado imediato da mamoplastia de aumento é muito bom, no entanto somente no período tardio (após cerca de 6 meses) é que as mamas atingirão sua forma definitiva, com a regressão de todo o inchaço operatório. Porém, a maior parte do edema (cerca de 90%) regride cerca de dois meses após a cirurgia de colocação de próteses mamárias. Além disso, a cicatriz ganha resistência e vai amadurecendo gradualmente neste período.  A regressão do edema deixa as mamas com um aspecto mais natural e bonito, por isso o resultado da cirurgia melhora progressivamente até o 6º mês de pós-operatório.

Compartilhe:


Dúvidas

Dúvidas frequentes

1. A gluteoplastia de aumento deixa cicatrizes?Toda cirurgia deixa cicatrizes, algumas em locais mais visíveis, outras em locais mais camuflados.  Felizmente, a cirurgia de... Leia Mais

1. A abdominoplastia deixa cicatriz muito visível?A cicatriz resultante de uma abdominoplastia (ou dermolipectomia abdominal) localiza-se horizontalmente logo acima da... Leia Mais

1. Onde se localizam as cicatrizes da blefaroplastia? São visíveis?As pálpebras são a região do corpo em que a pele apresenta a menor espessura. Isso auxilia... Leia Mais

1. Como são as cicatrizes da mamoplastia redutora?Existem inúmeras técnicas descritas para a mamoplastia redutora e o lifting de mamas, cada uma com suas vantagens, desvantagens... Leia Mais

1. O que é lipoaspiração? Qual a diferença entre lipoaspiração convencional e lipoescultura?A lipoaspiração é uma cirurgia cujo... Leia Mais

1. A rinoplastia deixa cicatrizes?A rinoplastia produz cicatrizes praticamente imperceptíveis. Certos narizes permitem que as cicatrizes fiquem escondidas dentro da cavidade nasal, deixando... Leia Mais

1. A mamoplastia de aumento deixa cicatrizes?Toda cirurgia deixa cicatrizes em nosso corpo, porém algumas são menores e mais escondidas. Este é o caso da cirurgia de... Leia Mais